Merkel diz que é preciso "maior cooperação europeia" na gestão da imigração

Roma, 22 ago (EFE).- A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou nesta segunda-feira que é preciso uma "maior cooperação europeia" na crise de refugiados e reconheceu que o acordo assinado com a Turquia é essencial porque a União Europeia (UE) não pode vencer a luta contra os traficantes de pessoas sem a ajuda turca.

"É preciso uma maior cooperação europeia. A Guarda Costeira da Itália, por si só, não pode controlar os confins marítimos. A cooperação com a Turquia é essencial. De outra forma, não podemos vencer a luta contra os traficantes de seres humanos", disse Merkel.

As declarações foram dadas pela chanceler alemã em uma entrevista coletiva conjunta com o presidente da França, François Hollande, e o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, realizada no porta-aviões Garibaldi da Marinha italiana, em frente à costa da ilha de Ventotene, no sul do país.

Merkel disse que a parceria com a Turquia para o controle das fronteiras é boa, mas reconheceu que é preciso trabalhar muito para resolver de vez a crise migratória que a afeta a Europa.

A chanceler explicou que um dos desafios da UE, que será abordado em uma reunião entre os três líderes, é o do emprego e do crescimento. Merkel se disse preocupada em como os governos europeus farão para "poder dar trabalho e futuro às pessoas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos