Ex-apresentadora abre processo por assédio contra diretores da Fox News

Nova York, 23 ago (EFE).- A ex-apresentadora da "Fox News" Andrea Tantaros denunciou o canal de notícias e vários de seus diretores por casos de assédio sexual, segundo relataram veículos de imprensa dos Estados Unidos nesta terça-feira.

Aberto em um tribunal de Nova York, o processo se soma ao apresentado recentemente por outra ex-funcionária e que levou à renúncia do presidente do canal, Roger Ailes.

Neste novo caso, a denúncia não está focada somente em Ailes, apontando também vários diretores da empresa acusados de trabalhar com uma cultura "misógina" e de "intimidação" que permite o assédio.

A ex-apresentadora detalha no processo vários episódios de assédio sexual e comentários inapropriados de autoria de Ailes e de outros empregados e convidados da "Fox News". O famoso apresentador Bill O'Reilly e o ex-senador Scott Brown estão entre os nomes mencionados.

Além disso, Tantaros acusa os executivos da empresa de ignorar suas queixas e de ameaçá-la com uma campanha caso denunciasse os fatos.

No mês passado, Ailes renunciou como chefe da emissora semanas após ser acusado pela ex-apresentadora Gretchen Carlson de ter tomado represálias contra ela, como redução salarial causada pela recusa da jornalista a ter relações sexuais com ele.

Depois da acusação de Carlson já havia surgido também a denúncia da apresentadora estrela do canal Megyn Kelly, que disse ter sido vítima de "avanços sexuais indesejados" por parte de Ailes há cerca de dez anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos