Papa Francisco pede orações para as vítimas de terremoto na Itália

Vaticano, 24 ago (EFE).- O papa Francisco decidiu não pronunciar a catequese que tinha preparado para a audiência desta quarta-feira, e pediu para que milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro que rezassem o rosário pelas vítimas que causou o terremoto que atingiu hoje o centro da Itália.

Pelo menos 19 pessoas morreram, embora exista o temor que dezenas estejam sob os escombros não resistam aos ferimentos, que provocou o terremoto de 6,0 graus na escala Richter, que atingiu as províncias de Rieti, Ascoli Piceno e Perúgia, e que destruiu quase completamente localidades como Amatrice, Accumuli e Pescara del Tronto.

Francisco decidiu suspender sua habitual catequese para expressar sua "dor e proximidade a todas as pessoas que estão nas áreas afetadas e todas as pessoas que perderam seus entes queridos e aqueles que ainda estão chocados pelo medo".

Ele lamentou ter ouvido que "a cidade de Amatrice já não existe e pensar que entre os mortos há muitas crianças".

Depois de uma mensagem lida em vários idiomas, o papa se dirigiu aos moradores das zonas afetadas, dedicando sua oração "que confiem na carícia e no abraço de toda a Igreja e que nestes momentos deseja abraçá-los com seu amor materno".

Em seguida, o papa e todos os fiéis reunidos na Praça de São Pedro rezaram o rosário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos