Prefeito de Accumoli diz que pelo menos 6 morreram na cidade pelo terremoto

Roma, 24 ago (EFE).- Pelo menos seis pessoas morreram na cidade de Accumoli, na Itália, após o terremoto de 6 graus na escala Richter que atingiu o centro do país na madrugada desta quarta-feira, segundo informações do prefeito da cidade, Stefano Petrucci.

Ele explicou que além de uma pessoa morta retirada dos escombros, há quatro integrantes de uma família, entre elas duas crianças, sob uma casa que ficou completamente destruída e que não dão sinais de vida e também outra que desapareceu.

"Espero que finalmente não seja assim, mas temo o pior", disse o prefeito da pequena cidade, que ao lado de Amatrice, na província de Rieti, foi a mais afetada pelo terremoto.

O prefeito explicou que a área está completamente devastada e que estão escavando entre os escombros para localizar possíveis pessoas soterradas.

Os serviços de Defesa Civil e o Exército italiano foram mobilizados e já escavam entre os escombros das localidades afetadas para resgatar algumas pessoas que estão presas.

O terremoto deixou um número ainda indeterminado de feridos que estão sendo encaminhados para diversos hospitais da província de Rieti, já que os centros médicos de localidades como Amatrice foram atingidos pelo tremor e, inclusive, os pacientes dessas unidades estão sendo transferidos.

O terremoto de 6,0 graus, segundo o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV) da Itália, atingiu o centro do país por volta das 3h36 (hora local) e o epicentro ficou cerca de 10 quilômetros do sudeste de Norcia, na província de Perúgia.

Além deste terremoto, houve tremores secundários de magnitude 3,9 perto de Norcia, outra de 4,6 com epicentro de 10 quilômetros de Amatrice e outra de 5,5 graus situado a 4 quilômetros do sudeste de Norcia.

O tremor de hoje ocorreu muito perto de Áquila, onde em 2009 aconteceu um de 6,3 graus que causou mais de 300 mortes e devastou a região de Abruzos e o centro histórico local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos