Seul condena lançamento norte-coreano de míssil balístico de submarino

Seul, 24 ago (EFE).- O governo da Coreia do Sul condenou nesta quarta-feira o lançamento de um míssil balístico de um submarino (SLBM) da Coreia do Norte e afirmou que colaborará com a comunidade internacional para aumentar a pressão sobre o regime de Kim Jong-un.

Os sul-coreanos acusaram o país vizinho de "ignorar totalmente as advertências da comunidade internacional e violar as resoluções do Conselho de Segurança da ONU que proíbem testes nucleares e lançamentos de mísseis balísticos", segundo um comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

O comunicado, divulgado após uma reunião de emergência do Conselho de Segurança Nacional sul-coreano, é uma resposta ao lançamento norte-coreano na primeira hora de hoje de um SLBM que voou 500 quilômetros até aterrissar no Mar do Japão (Mar do Leste).

"Temos intenção de colaborar com a comunidade internacional para aplicar sanções e medidas de pressão contra a Coreia do Norte de forma sólida e eficaz", afirmou o ministério sul-coreano.

O regime norte-coreano é objeto de fortes sanções comerciais da ONU por seus testes nucleares e de mísseis.

Além disso, o Ministério das Relações Exteriores afirmou que a aposta de Pyongyang pelos mísseis e armas nucleares só vai levar a sua "autodestruição" e ressaltou que Seul "está preparado para preservar a segurança nacional, proteger a vida dos coreanos e responder a possíveis provocações da Coreia do Norte no futuro".

O lançamento de um míssil balístico de um submarino realizado hoje é, a julgar pelas primeiras avaliações da Coreia do Sul e Estados Unidos, o primeiro que a Coreia do Norte realiza com um êxito após três tentativas anteriores desde dezembro do ano passado.

Se Coreia do Norte conseguiu desenvolver plenamente a tecnologia para lançar mísseis de submarinos, algo que levaria entre um e quatro anos segundo avaliações de especialistas, poderia representar um grave problema de segurança na região e no mundo.

Isto ocorre porque a natureza móvel do SLBM ampliaria o alcance do arsenal balístico da Coreia do Norte e seria mais difícil detectar seus lançamentos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos