Inteligência belga usará software para identificar jihadistas na internet

Bruxelas, 26 ago (EFE).- O serviço de inteligência da Bélgica terá à sua disposição um software que identificará prováveis ameaças terroristas ou radicais religiosos na internet, medida aprovada nesta sexta-feira pelo Conselho de Ministros do país.

Segundo a Agência Belga, o software de monitoramento custará 22 milhões de euros e permitirá aos agentes da inteligência belga a compilação e o compartilhamento de dados provenientes de endereços acessíveis ao público em geral, chamados de "fontes abertas".

Inicialmente, o serviço será utilizado pela Segurança do Estado, o serviço de informação do Exército e da Polícia Federal da Bélgica. O software será especialmente utilizado para o monitoramento de redes sociais, como o Facebook e o Twitter.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos