Cerca de 1.100 imigrantes são resgatados no Mediterrâneo

Roma, 29 ago (EFE).- Cerca de 1.100 imigrantes foram resgatados neste domingo em 11 operações de socorro no Canal da Sicília, coordenadas pelas autoridades italianas, informou a Guarda Costeira citada hoje por meios de imprensa locais.

Os imigrantes estavam em oito balsas, um barco e duas batelas, e foram resgatados por três unidades da Marinha italiana na operação "Sea sure" e pela embarcação Astral ONG "Open Arms", segundo a emissora pública "Rai".

As operações de resgate foram coordenadas, além de pela Guarda Costeira, pelo Ministério de Infraestrutura e Transporte.

As chegadas de imigrantes à Itália não param e, no dia 9 de agosto, o Ministério do Interior tinha contabilizado o desembarque no país de 100.328 imigrantes procedentes do litoral norte-africano, geralmente da Líbia.

Muitas destas pessoas, após alcançar o litoral sul italiano, fazem a viagem rumo ao norte da Itália para chegar a outros países da Europa do norte, apesar de serem rechaçados nas fronteiras de países como Áustria, França e Suíça.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos