PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Seul denuncia execução de vice-primeiro-ministro por parte da Coreia do Norte

30/08/2016 23h37

Seul, 31 ago (EFE).- O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, executou o vice-primeiro-ministro e principal responsável de educação do país, Kim Yong-jin, denunciou nesta quarta-feira (data local) o Ministério da Unificação da Coreia do Sul.

O político, de 63 anos, teria sido executado por um pelotão de fuzilamento no mês de julho, declarou à Agência Efe uma representante do ministério, em Seul.

O Ministério também garantiu que outros dois importantes grandes políticos norte-coreanos foram enviados para campos de reeducação como parte da suposta campanha de expurgos do jovem ditador.

Internacional