Oposição venezuelana denuncia detenção de dois prefeitos antes de protesto

Caracas, 1 set (EFE).- O ex-candidato presidencial venezuelano Henrique Capriles denunciou nesta quinta-feira a detenção de dois prefeitos opositores do estado de Guárico pelos serviços de inteligência venezuelano (SEBIN), apreensões que se somam a uma lista de opositores detidos nesta semana.

Os prefeitos Orlando Hernández, do município Mellado, e Pedro Loreto, de Leonardo Infante, ambos do estado de Guárico, foram detidos nesta madrugada, disse o também governador do estado de Miranda em entrevista à emissora local "Circuito Éxitos".

O opositor sustenta que o governo de Nicolás Maduro "tem medo da jornada pacífica do povo", em referência à manifestação opositora que se realizará hoje na capital venezuelana denominada "A tomada de Caracas". Até o momento, as autoridades não confirmaram nem desmentiram estas detenções.

O governo venezuelano vem denunciado supostos planos golpistas relacionados a esta manifestação e na última semana praticou várias detenções que os opositores tacham de "perseguição política".

O partido Primeiro Justiça (PJ) denunciou ontem a detenção de 11 militantes que se dirigiam do estado de Anzoátegui para comparecerem passeata de amanhã, e que foram detidos pela Guarda Nacional Bolivariana.

Também foram detidos os dirigentes opositores Yon Goicoechea e Carlos Melo pela suposta posse de material explosivo. O próprio Maduro declarou ontem que as forças de segurança do Estado iniciaram a busca de vários dirigentes opositores por estarem supostamente envolvidos em planos violentos e desestabilizadores contra o governo.

Estes opositores pretendiam, segundo Maduro, colocar explosivos "para massacrar sua própria gente" e vestir com uniformes das forças de segurança assassinos de aluguel "pagos por eles para buscarem mortes nas ruas de Caracas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos