Santos lamenta impeachment de Dilma e a classifica como "amiga da Colômbia"

Bogotá, 1 set (EFE).- O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, disse nesta quinta-feira que lamenta muito "pessoalmente" o que Dilma Rousseff "sofreu" ao ser destituída do cargo de presidente do Brasil na quarta-feira, e a classificou como uma "amiga da Colômbia".

"Sinto muito pessoalmente pelo que sofreu a presidente do Brasil Dilma (Rousseff), uma amiga da Colômbia. Estive muito perto do que aconteceu", manifestou o líder durante a entrega da bandeira nacional aos atletas colombianos que competirão nos jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

Além disso, o presidente da Colômbia declarou que o "Brasil é um grande país" e que a Colômbia continuará a trabalhar com o vizinho.

Na quarta-feira, o Senado brasileiro destituiu a presidente Dilma Rousseff, acusada de cometer pedaladas fiscais, por 61 votos a favor e 20 contra, e posteriormente Michel Temer tomou posse como novo presidente no Congresso Nacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos