Mina deixada durante Guerra da Bósnia explode e mata um lenhador no país

Zagreb, 2 set (EFE).- Um lenhador morreu e outras duas pessoas ficaram feridas na quinta-feira pela explosão de uma mina antipessoal colocada durante a guerra da Bósnia (1992-1995) em uma floresta no centro do país balcânico, informaram nesta sexta-feira as autoridades locais.

Os dois feridos não correm perigo de morte, segundo relatórios médicos dos hospitais nos quais estão internados.

O diretor do serviço de proteção civil (FUCZ) da Bósnia, Fahrudin Solak, disse em declarações ao portal de notícias bósnio "Klix" que na zona ficam muitos campos de minas e que, só no dia de ontem, cerca de 80 foram desativadas.

As vítimas, funcionários de uma companhia pública que administra as florestas da zona, não sabiam que nesse lugar havia minas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos