Putin e Abe impulsionam ambiciosos projetos conjuntos entre Rússia e Japão

Moscou, 2 set (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, promoveram nesta sexta-feira, na cidade russa de Vladivostok, o início de ambiciosos projetos conjuntos que serão anunciados durante a visita do chefe do Kremlin a Tóquio no dia 15 de dezembro.

A data da visita de Putin ao Japão, estipulada na cúpula realizada hoje dentro do Fórum Econômico do Oriente, foi confirmada à imprensa russa pelo porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Os dois líderes "concordaram em fazer o possível para anunciar pelo menos alguns desses projetos durante a visita do presidente da Rússia ao Japão, que está planejada para antes do fim deste ano", disse ao término da reunião o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov.

O chefe da diplomacia russa explicou que, após meses de trabalho escrupuloso entre os dois países, "toda uma série de grandes projetos estão a ponto e prontos para serem iniciados".

Há menos de quatro meses, durante uma visita ao balneário russo de Sochi, Abe "propôs elaborar um plano de oito pontos para cooperar em energia, medicina, urbanismo, tecnologia de ponta e muitas outras coisas", lembrou Lavrov.

Hoje, "os colegas japoneses apresentaram ideias detalhadas sobre como se poderia cooperar nessas oito áreas de forma mais efetiva e coordenada", acrescentou o chefe da Chancelaria russa.

"Por nossa parte, expressamos nosso apoio a esta atitude", frisou Lavrov.

A ampla cooperação econômica deve servir de ponte para a normalização das relações entre os dois países, que disputam desde o fim da Segunda Guerra Mundial a soberania das Ilhas Curilas, que ficaram sob controle da Rússia após o conflito.

Putin e Abe voltaram a falar das consultas para a assinatura de um tratado de paz entre Moscou e Tóquio, pendente há mais de sete décadas e que freia os avanços para a cooperação bilateral.

"(Os líderes) Estipularam que as consultas continuarão e seus resultados serão informados durante a visita do presidente russo ao Japão", afirmou Lavrov.

Após a cúpula de Sochi, os dois países já realizaram duas rodadas de consultas em nível de vice-ministros das Relações Exteriores com o objetivo de promover um diálogo bilateral para aproximar posições em torno da disputa territorial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos