Ban Ki-moon se diz confiante em ver pacto do clima entrar em vigor neste ano

Hangzhou (China), 3 set (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, se mostrou "otimista" neste sábado sobre a possibilidade de o pacto de Paris contra a mudança climática entrar em vigor ainda neste ano, após a ratificação conjunta de China e Estados Unidos.

"Estou otimista sobre que poderemos fazer antes do final de ano", disse Ban durante a cerimônia de ratificação realizada hoje em Hangzhou (leste da China), que contou com a participação dos presidentes da China, Xi Jinping, e dos EUA, Barack Obama.

O líder americano anunciou que seu país se somava à China na ratificação do pacto. A Assembleia Nacional Popular (ANP), o parlamento chinês, tinha ratificado o acordo horas antes.

"Ao se unirem formalmente ao acordo de Paris, deram potência ao momento atual (para que o pacto entre em vigor)", ressaltou o secretário-geral da ONU.

Para que o Acordo de Paris se torne operacional é necessário que pelo menos 55 países que somem 55% das emissões poluentes globais completem o processo de ratificação. China e EUA, os dois países mais poluentes do mundo, somam juntos cerca de 40% das emissões globais.

O secretário-geral da ONU convidou Obama e Xi a Nova York no dia 21 deste mês para que sigam adiante com o processo. O diplomata sul-coreano, que deixará a ONU neste ano, considerou que ver ambos os líderes ratificarem o pacto foi um dos acontecimentos mais "inspiradores" de seu mandato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos