Milhares de uzbeques despedem do presidente Karimov em Tashkent

Moscou, 3 set (EFE).- Milhares de uzbeques saíram às ruas de Tashkent para a despedida do presidente do Uzbequistão, Islam Karimov, que será enterrado neste sábado, em Samarcanda, sua cidade natal.

De acordo com informações de meios de comunicação da Rússia, o cortejo fúnebre se deslocou pelas principais avenidas da cidade até o aeroporto de Tashkent, onde o caixão com os restos mortais do presidente foi levado de avião para Samarcanda.

Segundo o boletim médico oficial, Karimov, de 78 anos, que dirigiu seu país com mão de ferro durante 25 anos, faleceu ontem às 20h55 (hora local), trinta minutos após sofrer um parada cardíaca.

Karimov foi hospitalizado no dia 27 de agosto após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC).

Com a morte de Karimov, o presidente do Senado, Nigmatilla Yuldashev, assume a presidência do país de forma interina, como afirma a Constituição.

O líder, que em março do ano passado venceu pela quarta vez as eleições presidenciais, com mais de 90% dos votos, não deixou um sucessor, embora o mais provável candidato a assumir o poder seja o primeiro-ministro, Shavkat Mirziyoyev.

Karimov fez da luta contra o fundamentalismo islâmico sua bandeira, e por esse objetivo sacrificou os direitos humanos mais básicos de seu povo.

A ONG Human Rights Watch afirmou que Karimov "deixa um legado de repressão política e religiosa", e afirma que "sua morte representa uma oportunidade para que os governos afetados façam pressão por direitos humanos concretos e reformas democráticas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos