Ataque suicida deixa 14 mortos no norte da Síria

Cairo, 4 set (EFE).- A explosão de uma moto em atentado suicida deixou 11 combatentes das facções islamitas e três civis mortos neste domingo no norte da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

De acordo com a ONG, o ataque foi perpetrado por um integrante do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na cidade Al Jalfatli, na periferia nortista de Aleppo.

O EI também bombardeou neste domingo algumas zonas da cidade de Marea, localizada na mesma periferia, mas o Observatório não especificou o número de vítimas.

A província de Aleppo tem sido palco de combates e bombardeios nas últimas semanas devido à luta entre o regime e os grupos armados opositores por cercarem as zonas dominadas pelos rivais e cortarem as vias de abastecimento.

O presidente americano, Barack Obama, reconheceu hoje o trabalho "contra o relógio" realizado pelos ministros das Relações Exteriores da Rússia e Estados Unidos para pactuar posturas e fornecer ajuda humanitária a lugares como Aleppo.

No dia 22 de agosto, o Observatório informou que 1.396 civis morreram e mais de oito mil ficaram feridos de diversa gravidade desde 22 de abril em ataques perpetrados tanto pelas forças do regime sírio como pela oposição armada síria na província de Aleppo. EFE

agm/vnm

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos