Estados Unidos buscam acordo com Rússia sobre a Síria

Hangzhou (China), 4 set (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou neste domingo que seu governo trabalha "contra o relógio" com a Rússia para conseguir um cessar-fogo na Síria que permita levar mais ajuda humanitária ao país, embora admita estar cético sobre poder fechar o acordo.

"Não chegamos ainda (no final do acordo). E, não surpreendentemente, considerando os fracassos prévios no fim das hostilidades, nós encaramos com certo ceticismo", ressaltou Obama, em entrevista coletiva em Hangzhou, na China, ao lado da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May.

Obama defendeu a necessidade de negociar com o lado russo, enquanto o secretário de Estado americano, John Kerry, e o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, mantêm discussões para chegar a um acordo de cooperação entre os exércitos dos dois países na Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos