May decidirá neste mês sobre projeto nuclear de investimento chinês e francês

Hangzhou (China), 4 set (EFE).- A primeira-ministra britânica, Theresa May, anunciou neste domingo que tomará uma decisão ainda neste mês sobre a construção de uma usina nuclear com investimento chinês e francês no Reino Unido, projeto que adiou em julho, provocando tensões com o país asiático.

Em entrevista coletiva antes do início da cúpula do G20 na China e de sua reunião com o presidente Xi Jinping, May afirmou que tomará a decisão "em algum momento deste mês", apesar de informar que não resolverá o assunto superficialmente.

"Minha maneira de trabalhar não consiste em tomar uma decisão imediata. Estudo, peço assessoria, levo tudo em consideração e decido", explicou a primeira-ministra.

O projeto da usina nuclear em Hinkley Point C se transformou em um dos pontos de atrito entre Reino Unido e China, após May adiar a construção em julho.

A usina de Hinkley Point é um projeto entre a francesa EDF e a China General Nuclear (CGN), no qual a empresa chinesa contribuiria com 33% do investimento.

Os dois reatores de tecnologia EPR que a empresa francesa planeja erguer no litoral inglês representariam 7% da geração britânica de energia e seu custo estimado é de 18 bilhões de libras (R$ 77 bilhões).

A expectativa é que May tente acalmar os ânimos em seu primeiro encontro com o presidente da China, Xi Jinping, e busque garantir a relação depois do "Brexit" durante a cúpula de líderes do G20.

As declarações que por enquanto ocorreram da parte chinesa projetam um panorama complicado: enquanto o embaixador chinês no Reino Unido, Liu Xiaoming, considerou que os laços bilaterais estão em "um ponto histórico crítico", a imprensa oficial advertia a Londres que estava pondo em risco "a confiança" criada.

No entanto, a CGN se mostrou mais moderada e respeitou a decisão do governo britânico de revisar o plano, devido à importância do projeto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos