Líder do Hamas sairá de Gaza pela primeira vez em 6 anos para viajar a Meca

Gaza, 05 set (EFE).- O chefe do movimento islamita Hamas em Gaza, Ismail Haniyeh, saiu nesta segunda-feira pela primeira vez em seis anos da Faixa para viajar em peregrinação a Meca (Arábia Saudita), informou dita organização em comunicado.

Fontes vinculadas ao Hamas indicaram que Haniyeh também visitará Catar e Turquia com cujas autoridades debaterá a situação em Gaza.

Haniyeh viajou acompanhado por uma delegação de alto nível com a qual cruzou a passagem de Rafah, na fronteira de Gaza com o Egito, desde onde se dirigiu ao Cairo, de onde partirá em avião à Arábia Saudita.

Rafah é a única saída ao exterior de Gaza sem passar por Israel, que mantém um ferrenho bloqueio sobre a Faixa desde que o Hamas tomou o controle em 2007.

Haniyeh se uniu assim às centenas de fiéis que desde terça-feira foram rumo a Meca porque as autoridades egípcias permitiram a reabertura do cruzamento de Rafah, uma decisão que não ocorre frequentemente.

As relações entre Egito e Hamas, movimento inspirado pela Irmandade Muçulmana egípcia no final da década dos anos 80 do século XX, se deterioraram por causa do golpe de Estado que em 3 de julho de 2013 derrubou o presidente egípcio, Mohammed Mursi, que procedia das fileiras do islamismo.

O Hamas também foi acusado pelo governo e pelos meios de comunicação egípcios de colaborar com grupos islamitas para realizar ataques contra forças egípcias na vizinha Península do Sinai, alegações que o movimento islamita rejeita plenamente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos