Palestino é morto a tiros após tentar atropelar policiais

Jerusalém, 5 set (EFE).- Um palestino foi morto nesta segunda-feira no campo de refugiados de Shuafat, no território ocupado de Jerusalém Oriental, depois de tentar atropelar um grupo de policiais que patrulhava a região, informou um porta-voz da polícia israelense.

"Durante a noite aconteciam operações policiais em Shuafat. Quando as unidades seguiam para a região, um veículo palestino tentou atropelar vários oficiais", explicou em comunicado o porta-voz policial Micky Rosenfeld.

"Em resposta ao perigo imediato para os oficiais, eles ordenaram que para que o veículo parasse e depois fizeram vários disparos contra o carro e os suspeitos foram feridos. Um morreu no hospital e o outro sofreu ferimentos moderados", acrescentou a nota oficial.

Nenhum policial ficou ferido no incidente.

Segundo o site "Ynet", o morto foi identificado como Mustafa Nimr, de aproximadamente 20 anos, e diz que ele estava em "alta velocidade" e não obedeceu a ordem dos policiais para parar o veículo.

O outro suspeito, de 25 anos, segue internado em um hospital de Jerusalém.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos