Santos envia mensagem a bebês que nasceram durante vigência do cessar-fogo

Bogotá, 5 set (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, envio uma carta as 2.200 crianças que nasceram entre 29 de agosto e 2 de setembro, semana na qual entrou em vigor o cessar-fogo bilateral e definitivo entre o governo e as Farc, e na qual fala sobre o país que as recebe.

No texto, o líder escreveu sobre as oportunidades de um país em paz e as conquistas que ajudam o acordo assinado em 24 de agosto em Havana (Cuba) com as Farc.

"Nasceste no dia no qual, depois de anos de confrontos, se silenciaram os fuzis. Nasceste quando a vida venceu e renasceu a esperança", escreveu Santos.

Além disso, o chefe de Estado se referiu à possibilidade de terminar o conflito de mais de meio século com as Farc, e ressaltou o trabalho das Forças Militares e de milhões de colombianos que buscaram o fim da guerra.

"A alegria de sua chegada à vida coincide com um dos momentos mais promissores para a Colômbia, sua casa", afirmou o presidente.

Segundo ele, quando as crianças comemorarem o aniversário, a "Colômbia inteira irá comemorar" também, já que nessa data será lembrado "um país que durante muito tempo chorou e sofreu, mas que agora tem cada vez mais oportunidades e futuro".

Santos parabenizou cada um dos bebês e destacou que eles fazem parte da geração da paz.

No dia 29 de agosto entrou em vigor o cessar-fogo e de hostilidades bilateral e definitivo pactuado entre o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), como parte do acordo final entre ambas as partes. Em 2 de outubro, os colombianos terão a possibilidade de ratificar ou rejeitar o acordo em um plebiscito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos