Atentados deixam pelo menos 30 mortos na Síria

Em Damasco e Beirute

  • Sana via Reuters

    Soldados sírios inspecionam estragos após explosões na ponte Arzuna, no acesso a Tartous, Síria

    Soldados sírios inspecionam estragos após explosões na ponte Arzuna, no acesso a Tartous, Síria

Pelo menos 30 pessoas morreram nesta segunda-feira (5) e outras 45 ficaram feridas em um duplo atentado na cidade de Tartus, um dos redutos governamentais do litoral mediterrâneo da Síria, informou a televisão oficial do país.

A emissora, que citou fontes médicas, afirmou que um carro-bomba explodiu e que um suicida detonou o colete com explosivos que estava preso a seu corpo na ponte de Arzuna, estrada que liga Tartus com Damasco.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) confirmou 26 mortos e 40 feridos neste ataque, que aconteceu na entrada sul da região contra um posto de controle governamental.

Com esses casos, aumentou para 40 o número de mortos hoje em atentados em áreas sob o domínio das autoridades e das forças curdas no território sírio.

Pelo menos cinco pessoas morreram pela explosão de uma moto-bomba em Marshu, em Hasakah, acrescentou o diretor do OSDH, Rami Abdulrahman.

Entre os mortos há três membros da "Asayish", forças de segurança curdas.

Abdulrahman disse que este ataque ocorreu em uma área sob o controle dos soldados curdos em Hasakah, já que esta cidade está dividida em bairros dominados pelo regime e outros em poder das autoridades curdas.

A televisão oficial síria afirmou que pelo menos oito pessoas morreram neste atentado em Hasakah.

Outra cidade síria que hoje foi alvo de um atentado foi Homs, no centro, onde duas pessoas morreram e outras sete ficaram feridas no bairro de Bab Tadmur, sob controle do governo, disse a agência de notícias estatal "Sana", citando o diretor de Saúde da província, Hassan Yundi.

O Observatório confirmou a explosão de um veículo com explosivos em um posto de controle do governo no distrito de Zahra, em Homs, dominado pelas autoridades.

A ONG afirmou que os dois mortos são soldados governamentais e que entre os feridos há civis.

Enquanto, nos arredores de Damasco, pelo menos três pessoas morreram por uma explosão de natureza desconhecida na região de Sabura, em mãos do governo e ao oeste da capital.

Sana afirmou que se trata de "uma explosão terrorista" e destacou que aconteceu na estrada que une Sabura e a área de Baya.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos