Ataque contra sede de ONG em Cabul mata 4 pessoas e deixa 6 feridos

Cabul, 6 set (EFE).- Pelo menos um segurança e três terroristas morreram e seis pessoas ficaram feridas em um ataque insurgente contra a sede de uma ONG em Cabul que começou na noite da segunda-feira e acabou hoje com a morte dos agressores, informou uma fonte oficial.

O porta-voz do Ministério do Interior afegão, Sediq Sediqqi, confirmou à Agência Efe a morte de um segurança no ataque ao prédio da ONG Pamlarana, de onde as forças de segurança recuperaram 42 pessoas que tinham ficado presas.

Posteriormente, em sua conta na rede social Twitter, Sediqi informou que os agressores abatidos eram três e que entre os resgatados há dez estrangeiros cuja nacionalidade não determinou.

Segundo explica a ONG em seu site, a Pamlarana trabalha em assistência humanitária e em matéria de educação básica especialmente para meninas, assim como na conscientização do empoderamento da mulher e do desenvolvimento rural.

Até o momento, nenhum grupo insurgente reivindicou o ataque, que começou ontem, quando um carro-bomba explodiu na área de Shar-e-Naw, próxima ao Ministério do Interior.

Essa região fica a cerca de quatro quilômetros do local no qual horas antes tinha acontecido outro atentado com duas explosões que causaram pelo menos 26 mortos e pelo menos 90 feridos, em um ataque reivindicado pelos talibãs.

Cabul voltou a ser alvo de ataques insurgentes menos de duas semanas depois de um grupo talibã invadir a Universidade Americana, deixando 17 mortos e 40 feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos