Atentado do EI no centro de Bagdá deixa nove mortos e 30 feridos

Bagdá, 6 set (EFE).- Pelo menos nove pessoas morreram e cerca de 30 pessoas ficaram feridas em um atentado com carro-bomba perpetrado pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI) em um bairro de maioria xiita do centro de Bagdá.

Uma fonte da polícia iraquiana informou nesta terça-feira à Agência Efe que o atentado aconteceu antes da meia-noite perto do hospital Doutor Abdel Hamid, situado no distrito comercial de Al Karrada, castigado recentemente pelo terrorismo.

A explosão provocou o incêndio de dezenas de carros e lojas, assim como destroços em edifícios residenciais da zona.

O EI, através de sua agência "Amaq", afirmou que o suicida pôde contornar as barreiras de segurança e detonar o veículo com explosivos que conduzia no meio de uma concentração de pessoas.

Al Karrada ainda não se recuperou do atentado ocorrido no começo de julho, que causou a morte de mais 300 pessoas, em sua maioria mulheres e crianças, e danos materiais avaliados em milhões de dólares.

Então, o suicida detonou um veículo carregado de explosivos frente a uma famosa sorveteria da avenida principal de Al Karrada, quando os cidadãos realizavam suas compras para a festividade muçulmana do Eid ul-Fitr, com a qual termina o mês do Ramadã.

O EI reivindicou esse atentado, sublinhando que o alvo era "uma concentração de renegados", uma das fórmulas como os extremistas sunitas se referem aos xiitas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos