Governo do México "respeita" decisão de Hillary de rejeitar convite

Cidade do México, 5 set (EFE).- O governo do México "entende e respeita" a decisão da candidata do Partido Democrata à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, de não aceitar o convite do presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, de se reunir com ele, afirmou nesta segunda-feira a chanceler Claudia Ruiz Massieu.

Em uma série de mensagens via Twitter, Claudia disse que o governo mexicano mantém "uma comunicação permanente e produtiva com a campanha" da candidata.

"Entendemos e respeitamos sua decisão de propor o momento de manter um encontro", declarou a secretária de Relações Exteriores, acrescentando que "os governos de México e Estados Unidos têm uma relação multidimensional, madura e sólida".

Horas antes, Hillary respondeu com um contundente "Não" à pergunta do jornalista David Muir, do canal "ABC", sobre se planejava visitar o México antes das eleições presidenciais do dia 8 de novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos