Ataque turco deixa 6 mortos e 10 feridos em região curda da Síria

(Atualiza o número de mortos).

Beirute, 7 set (EFE).- Pelo menos dez pessoas morreram e outras dez ficaram feridas nesta quarta-feira pela queda de projéteis da artilharia da Turquia no enclave curdo de Afrin, no norte da Síria, informou à Agência Efe o dirigente curdo-sírio Rizan Hadu.

Hadu, membro do Conselho da Síria Democrática (CSD), o maior partido político curdo-árabe, explicou por telefone que os projéteis caíram na cidade de Surka, dentro da área de Afrin, no norte da província setentrional de Aleppo e fronteiriça com a Turquia.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos detalhou que os seis mortos eram membros das "asayish" (forças de segurança curdo-sírias) e dos corpos de autodefesa de Afrin e que, entre os dez feridos, há alguns civis.

A ONG destacou que o exército turco teve como alvo concentrações de combatentes curdos em Surka.

Há 15 dias, o exército turco desenvolve uma intervenção militar no norte de Aleppo, onde está apoiando brigadas rebeldes sírias contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

No entanto, os curdos da Síria denunciaram ataques contra eles por parte das forças turcas, que estão construindo um muro na fronteira com Kobani, outra das regiões curdas de Aleppo, limítrofe com a Turquia.

No domingo, os insurgentes sírios, respaldados pela aviação e a infantaria turca, expulsaram o EI das últimas posições que lhe restavam na fronteira entre Síria e Turquia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos