Forças de segurança da Rússia matam 6 supostos terroristas no Daguestão

Moscou, 7 set (EFE).- As forças de segurança da Rússia mataram seis supostos terroristas em duas operações distintas realizadas na República do Daguestão, informou nesta quarta-feira o Comitê Nacional Antiterrorista (CNA) do país.

Entre os supostos terroristas abatidos, segundo o comunicado do CNA, está Magomed Jalimbekov, apontado como líder de um grupo armado autor de vários ataques terroristas no Daguestão.

"Os edifícios nos quais os bandidos se escondiam foram isolados pelas forças da ordem, que evacuaram todos os moradores. Quando foi solicitada a rendição dos bandidos, eles começaram a disparar com armas automáticas", diz a nota oficial.

As forças especiais, segundo o CNA, responderam com fogo e liquidaram três dos supostos terroristas em uma operação em Mahatchkala, a capital do Daguestão, e os outros três, na cidade de Izberbash, cerca de 100 quilômetros ao sul da primeira.

Segundo o comunicado, "os guerrilheiros participaram de vários crimes de terrorismo, como o ataque em agosto de 2016 contra um grupo de policiais de trânsito".

O Daguestão é uma das sete repúblicas russas do Cáucaso Norte e é cenário frequente de atentados terroristas e confrontos armados entre as forças de segurança e a guerrilha islamita que opera na área.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos