Libanês procurado por terrorismo é preso no aeroporto de Buenos Aires

Buenos Aires, 8 set (EFE).- Um libanês que está em uma lista de pessoas investigadas por terrorismo nos Estados Unidos, foi preso na quarta-feira no Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, em Buenos Aires, quando tentava entrar na Argentina com documentos falsos do Paraguai, informou a agência estatal de notícias "Télam".

Especificamente, sobre Khalil Mohamed El Sayed tinha uma ordem de prisão do Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos para ser interrogado por terrorismo e também tinha um pedido de prisão do Brasil por tráfico de drogas e venda de armas.

O homem foi preso no momento que tentava atravessar o aeroporto argentino com documentação falsa do Paraguai.

Ainda de acordo com a agência de notícias, a operação de captura foi realizada graças a um sistema implementado pelo Ministério de Segurança, que interliga a rede da Interpol Internacional com a de migrações.

El Sayed foi transferido para uma prisão próxima de Ezeiza, na província de Buenos Aires, e até o momento não está certo qual será o tribunal responsável pela investigação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos