Ministros pedem aumento do papel das mulheres nas missões de paz da ONU

Londres, 8 set (EFE).- Os ministros de Defesa dos países-membros da ONU se comprometeram nesta quinta-feira, em Londres, a promover e aumentar o papel das mulheres nas missões de paz da organização.

A estratégia foi divulgada em um comunicado conjunto assinado após uma reunião ministerial da ONU sobre a Manutenção da Paz, apoiada pelo governo do Reino Unido, e que teve a presença, entre outros, do secretário de Defesa dos Estados Unidos, Ashton Carter.

O encontro, que teve discurso da atriz Angelina Jolie, enviada especial da ONU, foi organizado como seguimento da cúpula de líderes realizada em Nova York em setembro de 2015.

Na época, os presentes destacaram seu compromisso com as missões de paz como uma "parte indispensável da resposta da comunidade internacional às ameaças à paz e à segurança".

Entre os principais objetivos, os ministros destacaram aumentar a presença de mulheres em todos os níveis das operações da ONU, algo que consideraram como "indispensável para a eficácia das missões assim como para a sustentabilidade dos processos de paz".

No comunicado, os países pedem ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-mon, que coloque como prioridade "dobrar o número de mulheres nos contingentes policiais e militares para 2020", enquanto os próprios governos devem promovê-las a postos de maior responsabilidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos