China ativa emergência por radiação após possível teste nuclear de Pyongyang

Pequim, 9 set (EFE).- A China ativou a resposta de emergência por radiação após o evento sísmico detectado na Coreia do Norte, indicativo de um novo teste nuclear do regime comunista de Kim Jong-un.

A resposta foi ativada nesta sexta-feira pelo Ministério de Proteção Meio Ambiental da China, segundo publica a imprensa oficial do país.

As estações de radiação nas três províncias do nordeste da China (próximas à fronteira com Coreia do Norte) e na oriental de Shandong operam com normalidade, informa a agência oficial "Xinhua".

Além disso, o jornal "Global Times" publicou hoje, citando especialistas, que o suposto teste nuclear "é voltado aos Estados Unidos, embora possa igualmente criar preocupações para os residentes chineses próximos à fronteira" com a Coreia do Norte.

A China, o maior aliado da Coreia do Norte, esfriou sua relação com o regime de Kim Jong-un por causa da intensificação dos testes nucleares neste país, e em março passado seguiu as sanções impostas pelo Conselho de Segurança da ONU contra Pyongyang, as mais duras adotadas pelo organismo em 20 anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos