Bombardeio perto de mercado no norte da Síria deixa pelo menos 24 mortos

Beirute, 10 set (EFE).- Pelo menos 24 pessoas morreram neste sábado em um bombardeio de aviões não-identificados em uma região próxima a um mercado da cidade de Idlib, no norte da Síria, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG apontou que também há feridos, alguns em estado grave, por isso que não descartou que o número de vítimas mortais possa aumentar.

Também houve bombardeios em outras partes da província de Idlib, como nas imediações da cidade de Yisr al Shogur, nas áreas de Ain al Baida e Hambushia e no povoado de Badama.

Por outro lado, pelo menos sete civis morreram, entre eles uma menor e duas mulheres, por um ataque similar na população de Batbu, no oeste da província setentrional de Aleppo, indicou o Observatório.

Em Duma, na região de Ghouta Oriental, principal reduto opositor dos arredores de Damasco, quatro pessoas perderam a vida -três crianças e uma mulher- em um bombardeio de aviões de origem desconhecida, disse a fonte.

Atualmente realizam ataques aéreos na Síria a aviação nacional, a russa, a turca e a coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos.

Por outro lado, a agência de notícias oficial "Sana" informou spbre a morte de sete pessoas e 22 feridos pelo impacto de foguetes do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) contra os bairros de Al Yura e Al Qusur, sob controle governamental na cidade nordeste de Deir ez Zor.

O Observatório, que rebaixou o número de mortos a seis, ressaltou que este ataque aconteceu perto da sede do Crescente Vermelho Síria nesta população.

Estes fatos ocorrem horas após Estados Unidos e Rússia terem alcançado um acordo para um novo cessar-fogo na Síria, que começará no dia 12.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos