Após acordo de cessar-fogo, bombardeios no norte da Síria matam 90 pessoas

Em Beirute

  • Ammar Abdullah/Reuters

    Moradores inspecionam local bombardeado em Idlib, na Síria

    Moradores inspecionam local bombardeado em Idlib, na Síria

Pelo menos 90 pessoas morreram em bombardeios de aviões não identificados no norte da Síria, horas depois que Estados Unidos e Rússia fecharam um acordo de cessar-fogo que deve entrar em vigor no próximo dia 12, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Esta ONG com base no Reino Unido informou que 58 pessoas morreram em um ataque aéreo no mercado da cidade de Idlib e outras 32 foram mortas quando aviões de combate bombardearam a província de Aleppo.

As primeiras informações da OSDH falavam em 24 o número de vítimas dos bombardeios na cidade de Idlib

A ONG tinha citado que também há feridos, alguns em estado grave, por isso que não descartou que o número de vítimas fatais poderia aumentar.

Também houve bombardeios em outras partes da província de Idlib, como nas imediações da cidade de Yisr al Shogur, nas áreas de Ain al Baida e Hambushia, e na cidade de Badama.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos