Hillary chama "metade "dos apoiadores de Trump de "deploráveis"

Washington, 10 set (EFE).- A candidata democrata à Presidência dso Estados Unidos, Hillary Clinton, disse neste sábado que a "metade" de apoiadores de seu rival republicano, Donald Trump, são "deploráveis", enquanto a outra "metade" são gente "frustrada" com o sistema que tão somente procura uma mudança.

"A metade de apoiadores de Trump poderiam se colocar no que eu chamo de 'cesta dos deploráveis', verdade? Os racistas, sexistas, homófobos, xenófobos e islamofóbicos", disse a democrata durante um ato para arrecadar fundos com a comunidade LGBT de Nova York.

"Infelizmente há gente assim, e ele os encorajou", lamentou hillary sobre este primeiro grupo de eleitores republicanos.

A ex-primeira dama explicou então que a outra metade de seguidores do empresário são gente com a qual o governo e a economia falhou, gente que perdeu o trabalho, que viu morrer um filho por causa da heroína ou que se vê em um caminho sem saída.

Segundo ela, se trata de gente com a qual é preciso se "entender" e com a qual se deve "enfatizar", porque só depositam em Trump algum tipo de esperança que suas vidas sejam "diferentes" e não concordam com tudo o que diz o candidato.

A campanha de Trump não demorou a reagir e seu assessor de comunicação, Jason Miller, censurou as palavras de Hillary.

"Realmente deplorável não só que Hillary tenha cometido um imperdoável erro diante de ricos doadores, mas ela também revelou o quão pouco se preocupa com homens e mulheres trabalhadores dos Estados Unidos", disse Miller.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos