Tsipras promete terminar avaliação do resgate e anuncia medidas sociais

Atenas, 10 set (EFE).- O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, afirmou neste sábado que seu governo fechará "em breve" a segunda avaliação do resgate ao país para possibilitar um alívio da dívida e apresentou seus objetivos econômicos e sociais para 2017.

Em discurso em uma feira industrial, Tsipras destacou falou sobre a segunda avaliação do terceiro resgate financeiro da Grécia e a reforma trabalhista do país. E também anunciou, sem detalhar, uma mudança de rumo em direção a um novo crescimento, apoiado nos setores do turismo, construção, novas tecnologias e agricultura.

Tsipras prometeu um regime tributário estável de 12 anos para todo investimento superior a 20 milhões de euros, e anunciou que as pequenas e médias empresas terão prioridade no financiamento por meio dos fundos de coesão europeus. Além disso, anunciou uma série de medidas para lutar contra a evasão fiscal, com o objetivo de aliviar nos próximos dois anos o peso tributário.

O primeiro-ministro grego afirmou que os 246 milhões de euros que seu governo cobrará após o leilão das licenças de televisão privada serão destinados a programas de auxílio para os mais pobres.

Tsipras anunciou também a contratação de 10 mil médicos e outros funcionários para hospitais públicos. Na educação, que junto à saúde sofreu mais nos anos da crise, apresentou também as diretrizes de uma reforma global.

Por fim, prometeu incentivos para fazer os jovens cientistas que deixaram o país nos anos da crise voltem à Grécia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos