Aviação turca mata 20 jihadistas no norte da Síria

Ancara, 11 set (EFE).- Pelo menos 20 supostos membros do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) morreram em um ataque da aviação da Turquia no norte da Síria, anunciou neste domingo o Estado-Maior do país em comunicado.

Segundo essa nota, os aviões militares atacaram posições do EI ao sul da cidade de Tel al-Hawa, onde "vinte terroristas foram neutralizados".

Os aviões destruíram três edifícios, um veículo e uma motocicleta e retornaram a suas bases, explicou a instituição militar.

Este ataque se enquadra dentro da operação "Escudo do Eufrates" na qual a Turquia enviou tropas de terra à Síria para enfrentar tanto forças do EI como as milícias curdas.

"Esta operação prova a seriedade e determinação da Turquia para degradar e destruir o EI, com ou sem o apoio dos atores internacionais", afirmou ontem Ibrahim Kalin, porta-voz do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

O bombardeio acontece antes que amanhã entre em vigor o cessar-fogo pactuado entre Rússia e Estados Unidos no país árabe, que inclui a entrada de ajuda humanitária na disputada cidade de Aleppo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos