Azerbaijanos protestam por referendo que pode aumentar mandato presidencial

Baku, 11 set (EFE).- Milhares de azerbaijanos se manifestaram neste domingo em Baku contra um referendo constitucional que pode aumentar o mandato presidencial de cinco para sete anos.

O presidente azerbaijano, Ilham Aliyev, no poder desde 2003, enviou há dois meses a proposta ao Tribunal Constitucional, que convocou a consulta para 26 de setembro.

Aliyev também propôs criar a figura do vice-presidente, introduzir a opção de dissolver o parlamento e diminuir de 25 para 18 anos a idade mínima para se transformar em deputado.

Ao término do comício de protesto, que contava com autorização oficial, os organizadores aprovaram uma chamada para suspender o referendo e abrir um processo de reformas democráticas no país.

O Azerbaijão, um país banhado pelos mar Cáspio que acolhe ingentes recursos energéticos, é criticado por sua perseguição à oposição, à imprensa independente e aos ativistas de direitos humanos, cujo alguns membros estão na prisão.

Aliyev já indignou a oposição e a comunidade internacional ao convocar em 2009 um referendo que lhe permite concorrer indefinidamente à reeleição.

Os países ocidentais se abstêm de criticar duramente o Azerbaijão, já que trata-se de um país crucial em seus planos de diversificar suas fontes de energia na hora de desenvolver gasodutos desde Ásia Central não passando por território russo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos