Grupos opositores se dividem sobre acordo de cessar-fogo na Síria

Beirute, 11 set (EFE).- A Comissão Suprema para as Negociações (CNS), principal aliança dos rebeldes sírios, ainda não adotou uma posição oficial sobre o cessar-fogo acordado entre Estados Unidos e Rússia, embora o Exército Livre Sírio (ELS), que faz parte da coalizão, anunciou neste domingo que não aceitará a trégua.

"Seguimos esperando que nos expliquem detalhes do pacto. Por isso ainda não pudemos decidir se o aceitamos ou não", disse à Agência Efe um dos porta-vozes do CNS, Monzer Majus.

O líder do ELS, general Ahmed Khaled Birri, disse à Efe que não concorda nem respeitará o acordo estipulado ontem entre russos e norte-americanos, trégua que entrará em vigor nesta segunda-feira.

"Não posso aceitar um acordo enquanto as forças invasoras da Rússia, do Irã e do Hezbollah permaneçam na Síria. Isso é contra a revolução. Além disso, não aceitamos uma divisão das forças revolucionárias, entre elas a Frente da Conquista do Levante, que luta contra os grupos do regime e não ameaça ninguém fora do país. Outra coisa é o Estado Islâmico", destacou.

Frente da Conquista do Levante é o novo nome da Frente al Nusra, que anunciou a mudança em julho após se desvincular da Al Qaeda. A organização costuma colaborar com outras facções sírias em sua luta contra as tropas do governo de Bashar al Assad.

O acordo para uma interrupção das hostilidades exclui tanto a Frente da Conquista do Levante como o Estado Islâmico e estabelece a criação de um centro de cooperação de EUA e Rússia para combater ambos os grupos, considerados por ambos os países como terroristas.

Majus destacou que os representantes da CSN estão reunidos em Riad, capital da Arábia Saudita, cidade onde os opositores mantêm sua sede, à espera de obter mais dados sobre a trégua acordada. O porta-voz não quis fazer previsões sobre a aceitação ou não do cessar-fogo por parte da comissão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos