Três supostas terroristas morrem após ataque contra delegacia em Mombaça

Nairóbi, 11 set (EFE).- Três supostas terroristas morreram neste domingo baleadas pela polícia após tentarem atear fogo na Delegacia Central de Mombaça, a principal cidade do litoral do Quênia, informaram fontes policiais.

Vestidas com um "bui bui" ou véu islâmico que as mulheres do litoral do leste da África costumam usar para ocultar o rosto, as agressoras chegaram com bombas de gasolina por volta das 10h30 local (4h30, em Brasília).

Aparentemente, as mulheres entraram na delegacia com o pretexto de denunciar a perda de seus telefones celulares, explicou o chefe de polícia do condado de Mombaça, Peterson Maelo, ao portal de notícias "Capital News".

Em seguida, uma tirou uma faca e tentou apunhalar dois agentes, enquanto as outras duas lançaram as bombas.

Duas delas morreram no ato após receber disparos da polícia, enquanto a terceira tentava escapar.

Um dos agentes, que ficou gravemente ferido, foi levada ao hospital.

A polícia mantém isolados os arredores da delegacia e tenta localizar dois homens que aparentemente também estavam envolvidos no ataque.

A turística costa do Quênia, onde Mombaça é seu principal porto comercial, foi alvo de vários ataques terroristas nos últimos anos perpetrados pela milícia jihadista Al Shabab, que exige que o Quênia retire suas tropas da vizinha Somália.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos