Ataque contra hospital ao menos 3 mortos no sul do Afeganistão

Cabul, 12 set (EFE).- Pelo menos três pessoas morreram, entre elas dois insurgentes, e outras duas ficaram feridas nesta segunda-feira em um ataque cometido por talibãs contra um hospital de Kandahar, no sul do Afeganistão, informaram à Agência Efe fontes oficiais.

O ataque começou por volta das 11h locais (3h30 de Brasília) e finalizou uma hora depois, quando as forças de segurança neutralizaram os dois insurgentes, que vestiam uniformes médicos e estavam armados com pistolas, assinalou o porta-voz da polícia local, Zia-ul-Rahman Durani.

"O primeiro agressor morreu nos primeiros momentos do ataque e o segundo após (oferecer) uma curta resistência", detalhou Durani, ao afirmar que o edifício já tinha sido liberado.

Além dos insurgentes, um parente de um paciente morreu.

Outro familiar de um doente e um integrante das forças de segurança que tinha sido enviado ao local para as operações de resgate ficaram feridos.

Os insurgentes conseguiram entrar na sala de cirurgias do Hospital Mirwais, onde aconteceu um enfrentamento com as tropas afegãs, segundo o porta-voz do governador provincial, Samim Khpalwak.

A fonte afirmou que desconhece "o objetivo" do ataque, já que se trata um hospital civil, mas reconheceu que "alguns membros das forças de segurança afegãs estão recebendo tratamento" no local.

O Hospital Mirwais atende cinco províncias do sul do país e recebe principalmente feridos graves por acidentes de trânsito e pelo conflito bélico no país.

O porta-voz policial garantiu que o ataque foi realizado pelos talibãs, mas nenhum grupo insurgente reivindicou a autoria da ação em Kandahar, o berço do movimento talibã.

O ataque aconteceu no primeiro dia das celebrações pela festividade muçulmana do Eid al-Adha, a "Festa do Sacrifício".

Os talibãs controlam atualmente cerca de um terço do Afeganistão, de acordo com fontes americanas, em meio ao aumento da violência no país, que vem desde o fim da missão militar da Otan, em 1º de janeiro de 2015.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos