Forças Armadas declaram início da trégua na Síria

Beirute, 12 set (EFE).- O Comando Supremo das Forças Armadas da Síria anunciou nesta segunda-feira o início do cessar-fogo no país, a partir das 19h locais (13h em Brasília), por meio de um comunicado.

O informativo detalha que "o regime de calma" permanecerá em vigor até as 23h59 locais (17h59 em Brasília) do próximo domingo, dia 18 de setembro.

As Forças Armadas afirmaram que se reservam o direito de responder qualquer violação de grupos armados com todo o tipo de armas de fogo.

A Comissão Suprema para as Negociações (CSN), principal aliança opositora, ainda não anunciou se aceita ou não esta cessação das hostilidades. Antes da declaração da trégua pelas Forças Armadas houve ataques em diferentes partes do território.

Um dos últimos foi no norte do país, onde 13 pessoas morreram devido a um bombardeio de aviões de guerra não identificados contra a cidade de Maarat al Masriyin, na província de Idlib, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A maior parte de Idlib está sob o controle da Frente da Conquista do Levante (antiga Frente al Nusra, vinculada à Al Qaeda) e de outras facções armadas. Tanto a Frente da Conquista do Levante como o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) estão excluídos do atual cessar-fogo.

Um dos obstáculos do pacto para a CSN é que o cessar-fogo não inclui a Frente da Conquista do Levante, que atua junto com outras facções no território sírio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos