Lagarde faz advertência velada a Trump sobre políticas protecionistas

Toronto (Canadá), 12 set (EFE).- A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, fez nesta segunda-feira uma advertência velada ao candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, ao alertar que as políticas protecionistas não funcionam.

Lagarde, que participou do Fórum Global de Toronto que começou hoje na cidade canadense, afirmou que "qualquer um que pense, não importa quão grande seja sua economia ou sua dependência do comércio, qualquer líder ou candidato que pense que pode funcionar sozinho está errado".

Lagarde também declarou que espera que neste ano a economia mundial cresça o mesmo que no ano passado, 3,1%, "ou um pouco menos".

"Para uma recuperação após a crise financeira, isto é um sinal ruim para a criação de emprego, melhora da produtividade, para inovação, para um crescimento mais inclusivo", destacou.

A diretora-gerente do FMI acrescentou que, em sua opinião, o "Brexit", como ficou conhecida a saída do Reino Unido da União Europeia, "não se desenvolveu completamente (...) em termos de dificuldades econômicas", mas obrigou o FMI a "reduzir um pouco" suas previsões para 2016.

Entre as preocupações expressadas por Lagarde está o fato de que "grandes acordos (comerciais) regionais estão em risco. Espero que seja temporário, porque seria realmente muito ruim se estivessem em risco no longo prazo", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos