ONG denuncia bombardeios no norte da Síria, apesar de cessar-fogo

Beirute, 12 set (EFE).- Várias áreas do norte da Síria foram alvo de bombardeios nesta segunda-feira, sem que por enquanto tenha havido relato de vítimas, apesar da entrada em vigor de um cessar-fogo em todo o país, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG disse que houve ataques aéreos em Tayeba al Imam e Kaukab, cidades da província de Hama, no centro do país, e nas de Al Shaquif e Al Mansoura, que ficam em Aleppo, no norte.

Além disso, houve disparos de projéteis por parte das forças governamentais em áreas de Duma, Beit Naeem e Khan Shieh, nos arredores de Damasco.

As forças do regime de Bashar al Assad também lançaram foguetes na cidade de Hreitan, no norte de Aleppo, e no bairro de Masaken Hanano, na capital homônima da província.

O Observatório acrescentou que facções armadas dispararam projéteis na região de Al Malah, ao norte da cidade de Aleppo.

Apesar destes ataques, a fonte ressaltou que o cessar-fogo prevalece na maior parte do território sírio.

O Comando Suprema das Forças Armadas sírias anunciou nesta segunda-feira o começo de um cessar-fogo de sete dias, após um acordo conseguido pelos EUA e a Rússia, que ficará em vigor até as 23h59 (hora local; 17h59 de Brasília) de 18 de setembro.

A trégua foi aceita pela Coalizão Nacional Síria (CNFROS), principal aliança política opositora, e pelo Exército Livre Sírio (ELS).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos