Papa encontrará líderes religiosos na Geórgia e no Azerbaijão

Cidade do Vaticano, 12 set (EFE).- O papa Francisco anunciou nesta segunda-feira durante a audiência geral no Vaticano que terá encontros com o patriarca da Igreja Ortodoxa da Geórgia, Ilya II, e com o xeque dos muçulmanos do Cáucaso durante a visita que ele fará à Geórgia e ao Azerbaijão entre os dias 30 de setembro e 2 de outubro.

A viagem que tem o objetivo de "promover a esperança e a paz" nestes dois países e com isso ele completará a viagem apostólica ao Cáucaso, iniciada em junho com a visita à Armênia. Segundo o programa da viagem, divulgado hoje pela Santa Sé, o papa fará durante sua estadia nesses dois países seis discursos e duas homilias.

Francisco partirá do Aeroporto Internacional de Roma no próximo dia 30, às 9h (horário local, 4h em Brasília) e chegará ao Aeroporto Internacional de Tbilisi, na Geórgia, às 15h (horário local, 8h em Brasília). Após a cerimônia de boas-vindas, o pontífice visitará o presidente do país, Giorgi Margvelashvili, às autoridades locais e o corpo diplomático no Palácio Presidencial.

Depois, ele manterá um encontro com o patriarca da Igreja Ortodoxa da Geórgia, Ilya II, no Palácio do Patriarcado, em seguida encontrará à comunidade assíria na Igreja de São Simão Bar Sabbae.

No dia 1º, Francisco presidirá uma missa no estádio Mikhail Meskhi e fará um discurso para sacerdotes, religiosos, seminaristas e agentes da pastoral na Igreja da Assunção. No mesmo dia, visitará as obras de caridade do Centro de Assistência dos Camilianos.

Este encontro vai acontecer momentos antes da visita que ele fará à Catedral Patriarcal de Svetitskoveli, em Tmskheta, com a qual concluirá sua estadia na Geórgia, e já no dia 2 embarcará no começo da manhã rumo à Baku, capital do Azerbaijão. Após a recepção, ele se dirigirá à missa na Igreja da Imaculada, no Centro Salesiano de Baku, onde fará uma missa.

Francisco almoçará com a comunidade salesiana e depois visitará o presidente do país, Ilham Aliyev, e às autoridades no Palácio Presidencial de Genclik. Depois, o papa irá ao monumento aos mortos na independência e fará um discurso perante as autoridades no Centro Heydar Aliyev.

O papa também terá uma conversa, embora em privado, com o xeque dos muçulmanos do Cáucaso na mesquita Heydar Aliyev e depois realizará um encontro ecumênico com o xeque e com representantes das demais comunidades religiosas do país.

Com este ato, Francisco finalizará sua viagem apostólica e voltará a Roma, onde está previsto que chegue por volta das 22h (horário local, 17h em Brasília).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos