Guarda Costeira italiana recupera 5 corpos e 650 pessoas no Mediterrâneo

Roma, 14 set (EFE).- A Guarda Costeira italiana informou nesta quarta-feira que nas últimas horas foram recuperados do mar cinco corpos e resgatadas 650 pessoas que navegavam à deriva em diversas embarcações no Mediterrâneo com destino à Europa.

A corporação explicou em comunicado que os salvamentos ocorreram em seis operações de socorro coordenada pela Central Operacional da Guarda Costeira em Roma, dependente do Ministério das Infraestruturas e Transportes.

Nos dispositivos participaram embarcações da Marinha Militar italiana, da organização com sede em Malta Migrant Offshore Aid Station (MOAS) e a unidade militar irlandesa James Joyce, que foi precisamente que recuperou os cinco corpos sem vida.

A Organização Internacional de Migrações (OIM) elevou em 28 de agosto para 322.914 o número de imigrantes e refugiados que conseguiram neste ano chegar à Europa após atravessar o Mediterrâneo por diferentes rotas, enquanto o número de mortos já passa de 2,5 mil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos