Irmão de Messi terá que dar aulas de futebol por posse ilegal de arma

Buenos Aires, 15 set (EFE).- A Justiça da Argentina suspendeu o julgamento de Matías Messi, irmão do atacante do Barcelona e da seleção argentina Lionel Messi, por posse ilegal de arma de fogo, em troca de que o mesmo ofereça aulas de futebol em um clube da cidade de Rosário.

O juiz Gonzalo López Quintana aceitou a suspensão do julgamento de Matías Horacio Messi, que foi detido em outubro de 2015 com uma pistola calibre 22, da qual não tinha autorização, informou a agência oficial de notícias "Télam".

A resolução estabelece que Matías Messi, de 34 anos, deverá dar quatro horas semanais de sessões técnicas e físicas de futebol no clube Leones de Rosario, durante um ano.

Além disso, o irmão mais velho de Messi terá que "se abster de abusar de entorpecentes e/ou bebidas alcoólicas", pagar uma multa de 8 mil pesos argentinos (US$ 524) e não se mudar de seu domicílio em Rosário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos