Sete civis morrem em áreas onde se aplica trégua na Síria

Beirute, 16 set (EFE).- Um total de sete civis morreram nesta sexta-feira nas regiões onde se aplica a trégua na Síria, nas quais foi registrado um aumento das violações do cessar-fogo, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

As vítimas são um jovem e duas crianças que morreram após bombardeios de aviões de guerra não identificados contra a cidade de Khan Shikhun, no sul da província de Idlib, no norte do país.

Também há uma menina e uma mulher que faleceram depois do impacto de foguetes nos povoados de Khan Arnaba e Hader, sob o controle das forças governamentais e localizados na província de Al Quneitra, no sul.

A ONG informou que outro menor morreu por disparos de um franco-atirador no bairro de Al Mashariqa de Aleppo, dominado pelos soldados do regime.

Uma jovem morreu de maneira similar, mas pelos tiros de um soldado do governo, no distrito de Zabdie, no mesmo povoado.

A Síria é palco desde o dia 12 de setembro de uma cessação das hostilidades, graças a um acordo entre EUA e Rússia, que será prolongado até o domingo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos