Sobe para 29 número de mortos por passagem de supertufão por China e Taiwan

(Atualiza número de vítimas)

Pequim, 17 set (EFE).- O supertufão Meranti, que já perdeu força e se transformou em depressão tropical na China, deixou em sua passagem pelo país e por Taiwan, até este sábado, pelo menos 29 mortos e dezenas de feridos.

Segundo o mais recente boletim das autoridades chinesas, Meranti, que chegou na madrugada de quinta-feira à província de Fujian, causou 28 mortes e deixou 15 desaparecidos na região, além de ter provocado uma morte em Taiwan.

Transformado no tufão mais forte do ano no mundo e o de maior potência a afetar China e Taiwan em décadas, Meranti deixou um saldo de 18 mortos em sua chegada a Fujian, onde ainda há 11 desaparecidos, segundo a agência oficial "Xinhua".

Outras dez pessoas morreram na província vizinha de Zhejiang, onde quatro estão desaparecidas. Estima-se que mais de 1,5 milhão de pessoas foram afetadas pelo tufão nessa província.

Além disso, as autoridades chinesas emitiram hoje alerta amarelo (o segundo de menor gravidade em uma escala de quatro cores) pela proximidade do Malaka, que, embora menos potente que Meranti, também deve levar fortes chuvas às províncias de Fujian e Zhejiang.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos