Grupo dedicado a tráfico humano e de drogas é desarticulado na Espanha

Alicante (Espanha), 18 set (EFE).- A Polícia da Espanha desarticulou uma organização dedicada à tráfico humano, prostituição e tráfico de drogas - que enviava seus lucros ao Brasil - e deteve seis pessoas.

Fontes da Polícia informaram hoje que o grupo criminoso fazia parte de uma rede de crimes cuja finalidade era a exploração sexual de mulheres jovens de diferentes nacionalidades para enviar os lucros obtidos para o Brasil.

A principal responsável da organização comandava um chalé de luxo, condicionado como casa de entrevistas na cidade de Aspe, na província de Alicante, onde submetia as jovens que exerciam a prostituição a condições de semiescravidão.

Também eram obrigadas a oferecer a seus clientes drogas, com o que os lucros derivados do tráfico de pessoas se somavam aos obtidos do tráfico ilícito dessas substâncias.

Os investigadores descobriram que desde 2007 até a atualidade, através de uma rede de testas-de-ferro que o responsável coordenava, tinha enviado ao Brasil US$ 363 mil.

Durante a operação foram identificadas também quatro meninas jovens, procedentes da América do Sul e do leste da Europa que viviam no porão da casa, onde tinham que ficar disponíveis 24 horas por dia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos