Ativistas denunciam bombardeios em Aleppo após fim da trégua

Beirute, 19 set (EFE).- Maior cidade do norte da Síria, Aleppo voltou a ser alvo de bombardeios, pouco depois de o exército do país declarar o fim da trégua, nesta segunda-feira, denunciaram ativistas que os presenciaram.

O Centro de Informações do Assédio de Aleppo - uma rede de ativistas nos distritos sitiados - informou que aviões de guerra bombardearam os bairros de Al Maadi e Al Salhin, e a organização Legista de Aleppo Livre, que presta atendimento médico na região, disse que também houve ataques em Al Sukari.

O Comando Supremo das Forças Armadas sírias declarou o fim da trégua de uma semana no país árabe, cujo prazo expirou à meia-noite, depois das violações que constatou e pelas quais culpou "organizações terroristas armadas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos