FBI identifica suspeito que estaria vinculado com explosão em Nova York

Nova York, 19 set (EFE).- As autoridades dos Estados Unidos estão em busca de uma pessoa identificada como Ahmad Khan Rahami, que poderia estar vinculada com as bombas colocadas no último fim de semana em Nova York, informou nesta segunda-feira o FBI, a polícia federal americana.

O homem, de 28 anos, é um americano naturalizado, nascido no Afeganistão e que vive ou residiu na cidade de Elizabeth, no estado de Nova Jersey, vizinho a Nova York, onde outra bomba explodiu na madrugada de hoje enquanto era examinada por um robô da polícia.

O FBI confirmou no comunicado que distribuiu aos veículos de imprensa que Khan Rahami é procurado para ser interrogado por sua suposta conexão com a explosão que deixou 29 feridos na noite do último sábado, no bairro nova-iorquino de Chelsea.

O alerta também foi veiculado na rede de telefones celulares de Nova York. O sujeito procurado "pode estar armado e é perigoso", diz o alerta do FBI.

A comunicação oficial não detalhou se Khan Rahami está vinculado com a segunda bomba que foi encontrada em Chelsea pouco depois da explosão da primeira, ou com a que explodiu em Elizabeth nas últimas horas.

Segundo a emissora "ABC", uma fonte policial garantiu que a pessoa procurada foi identificada a partir dos dados obtidos de um telefone celular que foi encontrado junto a uma panela de pressão com explosivos que não explodiu no sábado pela noite em Nova York.

O prefeito de Elizabeth, Chris Bollwage, disse à "ABC" que agentes do FBI e da polícia do estado de Nova Jersey estavam realizando buscas na madrugada de hoje em um estabelecimento comercial dessa cidade, possivelmente em conexão com as explosões.

Aparentemente, as autoridades detiveram cinco pessoas no domingo pela noite, que viajavam em um automóvel em uma estrada do distrito de Nova York e que podem ter relações familiares com Khan Rahami. EFE

ag/rpr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos