Japoneses de mais de 65 anos já são mais de 27% da população

Tóquio, 19 set (EFE).- O número de cidadãos japoneses de mais de 65 anos de idade cresce e se situa no número recorde de 34,6 milhões, 27,3% da população japonesa, segundo os números oficiais publicados nesta segunda-feira por causa do Dia Nacional dos Idosos.

Este número representa um aumento de 730 mil pessoas da terceira idade (0,6%) com relação a 2015 no país asiático, segundo os dados anuais divulgados pelo Ministério do Interior e Comunicações e correspondentes a 15 de setembro.

No caso das mulheres, as maiores de 65 anos chegam a 30% pela primeira vez, com um total de 19,62 milhões, enquanto os homens dessa faixa de idade são 14,9 milhões, 24,3% da população masculina do Japão.

A alta taxa de população idosa representa um desafio para a terceira economia mundial, e em particular para a sustentabilidade de seus serviços sanitários e de seu sistema de pensões.

O Instituto Nacional de População e Seguridade Social do Japão calcula que ao redor de 36% de seus cidadãos serão maiores de 65 anos para o ano 2040.

Nesse sentido, segundo os números de 2015, um total de 7,3 milhões de japoneses maiores de 65 anos seguiam trabalhando, o que representa um aumento contínuo há 12 anos.

O Japão bateu, além disso, seu recorde de cidadãos centenários neste ano com 65.692 registrados no censo, dos quais 87,6% são mulheres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos